logo esporteamador

 

  • Casa Bahia
  • Otica Gabriella

A Federação paraibana realizara a 3ª edição da Taça Wagner Costa de Beach Soccer

41403469 2112356882358870 2276149967561162752 nA Federação de Beach Soccer da Paraíba – FBS-PB, Filiada a Confederação de Beach Soccer do Brasil – CBSB, que é a entidade oficial e exclusiva do Beach Soccer no Brasil, conforme Resolução nº 06/2015 da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), informa através de seu Presidente o Sr. René Alvarez Nery de Lima, que nos dias 06, 07 e 08 de dezembro será realizado a 3ª edição da Taça Wagner Costa de Beach Soccer.                
                                                         
A competição conta com a predominância da equipe do Beira Mar Esporte Clube da cidade de Cabedelo onde conquistou a 1ª edição em 2017 em cima do Fênix da cidade de Pitimbu, já em 2018 repetiu o feito ao vencer o Vasco de Camuci, com isso e Bicampeão da competição e vem forte em busca do Tri
                                                                                                                                                                                          
Esta competição tem como homenageado o ex-atleta de Beach Soccer Wagner Costa Santos, que e natural da Paraíba e se destacou nas areias das praias do Brasil e do Mundo com destaques na Seleção Brasileira de Beach Soccer onde sagrou-se campeão em várias competições a nível mundial.
 
Foi Tri-Campeão paraibano 2007, 2008 e 2009; Campeão da Copa do Mundo FIFA 2008, tendo passagem por vários clubes como Israel; Dubai; México, Portugal, entre outros países latino-americano e europeu.
 
Em dezembro de 2010 sofreu um acidente automobilístico que o fez perder os movimentos das pernas, abandonando o esporte, justamente na semana em que iria assinar contrato com o Corinthians para a disputa da Copa Brasil de Clubes. Mas, mesmo tendo uma carreira de sucesso interrompida bruscamente, o paraibano não desistiu de praticar esportes.
 
Alguns meses depois de tudo acontecer, o antigo camisa 12 do Brasil deu a volta por cima e retomou as atividades físicas. Pratica badminton e basquete de cadeira de rodas. Agora, também começa a dar as primeiras remadas na canoagem e já tem um objetivo ousado de disputar as Paraolimpíadas do Rio de Janeiro em 2016: "como em tudo na minha vida, vou ser vitorioso".
 
 

@esporteamador